AC/DC no Brasil

Vamos entrar um pouco no âmbito musical.
Para isso, aproveitamos a recente passagem da banda australiana AC/DC pelo Brasil.
Agora vamos pensar no porquê de os ingressos para o show do AC/DC terem se esgotado tão rapidamente, deixando milhares de fãs brasileiros sem aproveitar, talvez, a última chance de ver seus ídolos.

Também pensemos agora no porquê desse último fato ter ocorrido no país do futebol, do samba e de outros gêneros musicais, sem expressiva representação no Rock and Roll. Num jogo entre Corinthians e Flamengo talvez a explicação fosse mais fácil e as razões mais visíveis.
A questão é que o AC/DC não é apenas uma banda de Rock ‘n’ Roll. O conjunto formado por Angus Young, Brian Johnson, Malcolm Young, Cliff Williams e Phil Rudd é uma lenda do Rock. Seus integrantes, inclusive o falecido Bon Scott, já estão imortalizados no cenário musical.
Pode parecer difícil para alguns entender como uma banda que possui um vocal que grita com uma voz fina e demoníaca, um guitarrista que parece um monstro no palco e uma bateria extremamente simples pode alçar tal projeção. Meus amigos, a resposta é evidente: o AC/DC alcançou esse poder por causa dessa voz demoníaca, do guitarrista que parece um monstro e da simples bateria.Suas características únicas garantiram a autenticidade da banda. Sejam pelas gargantas arranhadas de Bon Scott e Brian Johnson ou pelos clássicos sons tirados da guitarra por Angus Young, eles atingiram um estágio puro de Rock and Roll. É algo que nunca foi visto antes, uma revolução na música.
O resultado disso tudo é visível: o AC/DC é venerado e seus integrantes projetados como deuses do rock. O poder de alcance de seu som atingiu até o país do futebol e conquistou um número imenso de fãs, mesmo com a expressiva diversidade cultural existente no Brasil.
Enfim, no dia 27 de Novembro de 2009, a nação de seguidores do Rock ‘n’ Roll ganhou seu presente: seus heróis vieram ao Brasil.
Com relativamente pouca divulgação feita através daqueles que espalhavam o fato por meio de notícias publicadas na internet ou em notas de jornal, houve tumulto na venda de ingressos, o site da distribuidora ficou totalmente sobrecarregado com os acessos e as linhas de telefone para comprar as entradas ficaram congestionadas.
Os 70 mil ingressos foram esgotados em um dia, por brasileiros que escutaram apenas um disco ou algumas músicas mais famosas e ficaram fascinados.
Os 70 mil ingressos foram esgotados em um dia, por brasileiros que não conheciam nada da banda, mas sabem o que a mesma representa no cenário da música global, e por isso foram ao show.
Mas principalmente, os 70 mil ingressos foram esgotados em um dia, por brasileiros que foram atingidos pelo som da banda australiana e admiram os integrantes como seus heróis, tendo o Rock ’n’ Roll como parte de suas vidas.
O AC/DC trouxe uma estrutura gigantesca, com cinco toneladas em apenas um artigo do palco, e fez um show histórico em São Paulo. Poucos minutos após o término da apresentação, na noite do dia 27, o portal de internet Terra já dava sua avaliação, com Angus Young e Brian Johnson estampados na página inicial: “Uma Aula de Rock!”

Texto de Victor Frascarelli Rodrigues Moreira, aluno do 2º Termo de Relações Públicas da Unesp.

Diretoria de Comunicação

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s