Meio Ambiente e Comunicação

Que o Intercom é um evento plural em temas sobre comunicação não é novidade para ninguém. Entretanto, quando você é um graduando em Relações Públicas quanto mais novidades melhor. Pensando por esse ponto fiz minha escala de atividades no evento, tentando conhecer o máximo de temas e apresentações de pesquisas do meu interesse. Sendo elas, educação, meio ambiente e comunicação comunitária.

Dentre os novos horizontes que eu encontrava, fui até o Grupo de Pesquisa (GP) relacionado ao Meio Ambiente e Mídia. Apesar do tema não se ligar diretamente com minhas atividades na RPjr, como membro da diretoria de Recursos Humanos, esse assunto me pareceu muito importante para as outras atividades que exerço na minha vida acadêmica. Logo, fui me distanciando das salas onde havia atividades voltadas para RP e Comunicação Organizacional e fui até o bloco J do câmpus da faculdade de Caxias do Sul. Este bloco continha atividades voltadas para o campo do Jornalismo e Editoração, mas me ative ao tema do GP e pretendia participar de uma discussão sobre como a mídia pode influenciar em atividades voltada para o meio ambiente.

Durante as apresentações percebi que os trabalhos comunicacionais voltados para o meio ambiente, no evento, eram basicamente focados no jornalismo ambiental. A maioria das apresentações tratava desse tema, e a única que fugia dessa temática era sobre a dificuldade que uma empresa estatal agropecuária tem de tratar com seus públicos. Esses fatores me deixaram inquieto e ao mesmo tempo entusiasmado em poder expor outro ponto de vista. Já tive algumas experiências na área do meio ambiente tratando propriamente com mobilização e educação ambiental. Tive uma boa troca de ideias e foi realmente construtivo conhecer diversas opiniões do mesmo assunto que eu apenas conhecia do lado das relações públicas.
O que posso tirar desse GP? Os profissionais de comunicação estão envolvidos em todas as temáticas da sociedade e ao se tratar do meio ambiente é necessário que todos nós conheçamos cada vez mais tudo que esse tema pode alcançar. Ao falar em meio ambiente devemos pensar em tudo e todos que estão em nossa volta. E como comunicólogos, nossa obrigação vai muito além de informar. Cabe também ao profissional educar, conscientizar, dar exemplos e influenciar, para que a preocupação com a natureza transcenda essa “modinha sustentável” que estamos enfrentando e torne-se um sentimento inato em todos. Afinal, desculpe-me o clichê, mas o meio ambiente é o local onde vivemos e nossas gerações futuras também viverão. Logo, repito que nós, como comunicólogos, temos como obrigação nos preocupar e conscientizar os que ainda estão perdidos nessa modinha!

Renan França

Diretoria de Recursos Humanos

Anúncios

Uma resposta em “Meio Ambiente e Comunicação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s