A vez do Quora

Quem nunca ouviu falar do Yahoo! Respostas? Na grande maioria das vezes quando procuramos sobre qualquer temática nos sites de pesquisas, há um link para tal portal, em que aparecem várias respostas sobre o que foi proposto. Essa interatividade e troca de conteúdo são proveitosas, afinal, é nesse endereço eletrônico que as pessoas podem tirar dúvidas sobre o que é de seu interesse, geralmente assuntos do cotidiano ou curiosidades, apesar de muitas respostas não fazerem muito sentido ou mesmo serem verdadeiras. Agora, você já imaginou algo parecido com o Yahoo! Respostas, que possui conteúdo diferenciado, de qualidade, atualizado por um público específico que possui real conhecimento sobre o assunto proposto? Esse pode ser um resumo do Quora, um novo conceito entre as redes sociais.

Após o boom do Twitter e mais recentemente do Facebook, o Quora pode ser a bola da vez. O inovador serviço de perguntas e respostas, criado por dois ex-funcionários do Facebook e lançado em junho de 2009, possui vários atrativos. O público que faz uso da rede é muito específico e restrito, o que garante alta qualidade ao conteúdo gerado, aspecto que diferencia o Quora e que garante grande destaque à rede. Questionamentos sobre qualquer temática, tecnologia por exemplo, serão respondidas por quem de fato atua na área e que acessa tal tópico da rede. Um bom exemplo é o que aconteceu quando um usuário perguntou “Quanto custou para a AOL distribuir todos aqueles CDs nos anos 1990”: a questão foi respondida pela ex-diretora de marketing da empresa e pelo cofundador e ex-diretor executivo da própria AOL.
Além disso, o Quora é muito funcional e possui atributos de outras redes sociais e portais. O usuário pode seguir pessoas, perguntas ou temas, semelhante ao que ocorre no Twitter, pode inclusive, acompanhar a movimentação e as atualizações, como acontece no Facebook. O site apresenta também uma pequena semelhança com a proposta do Formspring, que funciona com o sistema de perguntas e respostas, além de se aproximar das plataformas “wiki”.
Uma coisa é clara: por ainda se manter parcialmente restrita e frequentada por pessoas interessadas e principalmente esclarecidas a respeito dos temas, até o momento, a rede é capaz gerar conteúdo confiável aos usuários e permite uma troca de informações muito relevante e admirável. Contudo, uma questão, que pode parecer simples em um primeiro momento, fica em aberto: com o início do aparecimento do nome do Quora na mídia massiva e o consequente aumento do número de usuários, como manter a qualidade em um contexto de potencial explosão de crescimento? Acredito que a resposta não seja tão fácil, e que os “chefões” do Quora terão trabalho para atingir êxito nesse sentido, já que a rede possui atributos para atingir esse cenário em breve. Será mais uma rede que passará pelo desafios de manter suas propostas originais, neste caso causado pela popularização, além de “se manter viva”, conseguindo se sustentar neste ramo.
Felippe Ferro
Diretoria de Comunicação

Anúncios

Uma resposta em “A vez do Quora

  1. Penso que o sucesso e o fracasso do Quora, seja a de manter a idéia de uma rede social restrita.Pode ser contraditório este ideal de sociedade restrita, porém é completamente sustentável até certo ponto.Assim como é tratado no quarto parágrafo, isso aconteceu com outras redes sociais como o próprio Facebook que antes de se tornar uma febre mundial, era apenas uma rede social para membros de uma determinada faculdade.A idéia chave do sucesso do Facebook, foi permitir o acesso de qualquer pessoa, sem impedimento devido a qualquer fator limitante.Contudo, a idéia do sucesso e fracasso do Quora é a mesma. Se liberar totalmente o acesso, a primeira premissa de manter um conteúdo íntegro torna-se falha. E ao manter restrita, talvez o Quora não seja a bola da vez entre as redes sociais.Uma saída para este impasse, seria liberar apenas o acesso à leitura e pesquisa de informações. Assim como os Periódicos Capes, onde é possível ler e pesquisar artigos com informações inteiramente confiáveis sem permitir qualquer tipo de alteração no documento. Desse modo, seria possível navegar pelo Quora e pesquisar sobre assuntos que já foram tratados pelos usuários desta rede social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s