Bauru recebe 5 dias de Canja

A 2ª edição do Festival CANJA é temática e reúne mais de 40 atrações em sete pontos da cidade; festival têm diversas ações e artistas renomados da música alternativa

De 8 a 12 de junho, acontece a segunda edição do CANJA – Festival de Artes Integradas de Bauru, que promove shows, exposições, apresentações de dança, exibições de filmes e peças de teatro, além de oficinas e palestras. A maior parte do evento é gratuita.

A programação para 2011, em relação a edição anterior, cresceu de forma notável e agora ocorre em sete locais diferentes. “São mais de 20 shows, seis atrações teatrais, nove atividades entre oficinas e palestras, quase dez ações ecológicas do Canja Verde e uma tarde inteira de Hip Hop”, resume Artur Faleiros, um dos integrantes do Enxame Coletivo, realizador do festival CANJA.

“Sustentabilidade”, tema que norteia a programação, está relacionada à conceitos de produção colaborativa, economia solidária, consciência ambiental e novos modelos de gestão de carreira. “A própria característica de aglutinar vários grupos, agentes culturais e entidades, é uma aproximação estratégica pra potencializar o festival e trazer um retorno pra cidade”, explica Artur.

Com parcerias importantes, como SESC, Secretaria Municipal de Cultura (SMC), Neurônio Produtora, Instituto Acesso Popular, Grupo AGR (Ação, Gestão e Responsabilidade) e atrações como Finlândia (ARG), Emicida, Macaco Bong e The Name, o evento espera mobilizar 2.000 pessoas.

+Cineclube, hip hop e meio-ambiente

Com o objetivo de inovar, a 2ª edição do CANJA, no campo do audiovisual, integra o projeto Cine Ouro Verde, com o filme “Os Trapalhões e os Saltibancos”, além de uma esquete circense para divertir o público presente.

Outra ação inédita é o Canja Hip Hop. Além de uma tarde dedicada exclusivamente à cultura, com grafite, música e break, dois artistas de peso para a linguagem do Hip Hop estão confirmados, Slim Rimografia (São Paulo) e Thigor Tyller, de Bauru.

Mantendo a linha ecológica da edição anterior, o projeto Canja Verde, gerido pelo Grupo AGR (Ação, Gestão e Responsabilidade), realiza atividades de coleta seletiva, captação de lixo eletrônico, compensação de crédito de carbono e oficinas e palestras ligadas ao desenvolvimento sustentável. Complementa o Canja Verde a Bicicletada e Caminhada ecológica, com o intuito de “incentivar o uso de outros meios de transporte alternativos, não poluentes. “Ambos tratam de atividades que vão reunir aqueles dispostos a chegar no evento pedalando e fazer um pequeno circuito de bike organizado, ou caminhando”, explica Mariah Lima, integrante do Grupo AGR.

+Conhecimento

Permeando o tema “Sustentabilidade e passando por quase todas as linguagens, o Festival CANJA oferece oficinas e palestras nas áreas de teatro, música, audiovisual, circo, meio-ambiente e dança. “Intensificamos a área do conhecimento para otimizar a formação das pessoas, do público e artistas, pensando também em aprofundar o tema do Canja”, finaliza Artur.

Assessoria de Imprenssa Enxame Coletivo

Anúncios

Uma resposta em “Bauru recebe 5 dias de Canja

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s