O mundo mágico da Coca-Cola

             De um simples xarope para a conquista do mundo. A criação do farmacêutico Dr.John Styth Pemberton fez e ainda faz história do mundo da comunicação.

Logo no início das campanhas públicitárias, antes mesmo da criação da TV, a Coca-Cola conseguiu atingir um público muito amplo e despertar a curiosidade de consumidores com o uso de cartazes e anúncios em revistas, prezando sempre por utilizar imagens de pessoas saudáveis e felizes.

            Com o crescimento do público consumidor, surgiu então a necessidade de fidelizar esses clientes, para garantir a venda do produto. Criou-se então, desde réplicas de caminhões de distribuição da Coca-Cola até embalagens comemorativas, para incentivar o colecionismo. Mas não parou por aí: as campanhas resultaram no desenvolvimento de um público fissurado pela marca que passou a colecionar desde jingles até engradados.

Presença em momentos históricos


Para a obtenção de novos públicos, a Coca-Cola esteve presente em vários momentos da história: no primeiro ano de realização de jogos olímpicos a marca esteve presente, primeiramente com bótons (entrando de vez para as Olimpíadas em 1928); durante a Segunda Guerra Mundialrealizou uma campanha para a união dos povos e ainda baixou o preço do produto para incentivar soldados participantes da guerra a consumir, fazendo com que homens fardados não pagassem $50 cents, e sim, $5 cents numa garrafa de Coca-Cola. No Brasil em particular, a marca aliou-se à cultura nacional, promovendo até concursos para escolha de sambas enredo. Dessa forma, conseguiu que os brasileiros abraçassem cada vez mais a marca.

A Coca-Cola e o Natal

A história da Coca-Cola e sua ligação com o Natal vão além do clássico caminhão que anda pela cidade distribuindo balas. As campanhas de Natal vêm de longa data, iniciando com o Papai Noel citando o slogan “The pause that refreshes” (“A pausa que refresca”) ou “It’s my gift for thirst” (“É o meu presente para a sede”). Dessa forma, a Coca-Cola conseguiu relacionar-se com o ícone do Natal, instigando até mesmo o imaginário das crianças de todo o mundo, conquistando assim mais um público. Hoje em dia, muitas pessoas aguardam ansiosas para reviver todo fim de ano a “magia” que a Coca-Cola traz, com seu Papai Noel sempre amável e seus companheiros ursos polares. E com tudo isso, há quem diga até que o próprio “bom velhinho” foi criado pela marca.

A conquista mundial

Com esses feitos, dentre outros milhares, a Coca-Cola se consagrou como grande “ídolo” de muitas gerações, e ainda pretende conquistar muitas próximas. Não importa o quanto digam sobre efeitos prejudiciais a saúde, os consumidores continuam seguindo os passos da marca e se surpreendendo com suas inovações. Há até quem não consegue fazer uma refeição sem o acompanhamento desse líquido refrescante.

E agora? Que tal um copo de Coca-Cola bem gelada pra encerrar a leitura?

Referências:

Brasilcult

Jipemania

Milena Shoji

Diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s