Compre (quase) tudo com desconto

O e-commerce virou uma realidade nacional, não só pelas mudanças econômicas que o Brasil vem passando, mas também pela facilidade e comodidade que estes serviços oferecem.  A saber, e-commerce é definido como comércio eletrônico, qualquer tipo de comércio realizado a partir de um dispositivo eletrônico como o celular e computador. Neste sentido, o setor desta modalidade que mais se destaca são as compras coletivas.

Basta jogar no Google “compras coletivas” para perceber a gama de sites e empresas que apostam neste tipo de iniciativa. Geralmente, são oferecidos produtos de consumo não duráveis, com descontos que chegam a 90% e com um número limitado de horas para a aquisição da compra.

Neste contexto, vale a pena a discussão de como este comércio se veicula. Os sites de compras coletivas mais conhecidos, como Peixe Urbano e Groupon, utilizam as mídias sociais para a divulgação de suas ofertas, principalmente o Facebook e ainda possuem estratégias para que o próprio público divulgue as ofertas.

Contudo, para o Peixe Urbano, ainda não era o suficiente. Em maio, a fim de promover seu site e facilidades oferecidas, colocou uma máquina de dinheiro em um shopping de São Paulo que tinha por finalidade trocar dinheiro. Colocavam-se notas e o valor devolvido pela máquina era maior. Era como se a pessoa comprasse dinheiro por uma quantidade menor que ele valia. Tudo isso com a finalidade de mostrar as vantagens das compras coletivas. 

Além das estratégias de mídias e intervenções, este tipo de comércio também dá descontos maiores para novos compradores, ou para aqueles que convidam amigos a se registrarem no site. Este tipo de ação, como conceder créditos para compras coletivas, é mais comum em sites menores, que abrangem poucas cidades ou uma determinada região.

Nesta nova inserção, há espaço para a atuação do relações-públicas, principalmente na promoção destes sites e na procura por estabelecimentos parceiros que queiram oferecer seus serviços neste tipo de comércio. Cabe ao RP, procurar meios alternativos de divulgação, procurar as organizações de interesse para a oferta de produtos e ainda mais, procurar resolver o grande problema que este tipo de compra oferece: a insatisfação na hora de retirar o produto, como acontece em alguns casos.

E então, que tal se aventurar pelo mundo barato e desafiador das compras coletivas?

Bianca Cesário

Diretoria de Qualidade

Anúncios

Uma resposta em “Compre (quase) tudo com desconto

  1. Bom dia,

    Achei seu post super interessante, muitas vezes deixamos de comprar produtos pela internet com medo de que algo dê errado. Mas hoje temos muitos sites de confiança que oferecem descontos e um grande custo-beneficio.

    Parabéns pelo blog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s