Afinal, por que o McDonald’s é “tudo isso”?

Mesmo quem não é fã de fast food, tem que admitir que o Mc Donald’s é uma empresa digna de seu prestígio no quesito administração. Mas por que não dizer também no quesito relações públicas? Pois é, até mesmo quem não possui na rotina esse tipo de alimentação sabe quem são os donos do tão aclamado “Amo muito tudo isso!”. Mas deixando de lado o produto, vamos falar sobre a marca e sobre a organização que é o McDonald’s.

Imagem

Fundada em 1955, em Illinois, Estados Unidos, essa rede começou muito antes. Um pequeno empreendimento administrado pelos irmãos Dick e Mac McDonald, uma barraca de cachorro-quente em Arcadia, na Califórnia, criada em 1937, foi o início da organização. Visto o sucesso, os irmãos resolveram se mudar para San Bernardino, também na Califórnia, onde abriram um restaurante, o McDonald´s, na famosa Rota 66. O primeiro lanche foi vendido por apenas US$0,15, e já naquela época poderia ser entregue para o cliente em seu próprio carro, pelos carhops, garçons de patins comuns naquele tempo.

Imagem

Desde então, o restaurante não parou de crescer, e vendo todo esse êxito, os irmãos tiveram a brilhante ideia de dar início a um tipo de montagem em série para hambúrgueres, um sistema rápido que veio acompanhado de muito sucesso e inúmeros clientes. Além de hambúrgueres o McDonald’s vendia também produtos como batatas fritas e milk-shakes, e foi assim que o vendedor de maquinas para milk-shakes, Ray Kroc, ficou fascinado pelo restaurante; logo a partir das ideias dos irmãos McDonald, propôs que eles expandissem as até então franquias locais para outras cidades e estados, sugerindo que ele mesmo ficasse responsável pelo andamento desse projeto.

Ray se esforçou muito para que os restaurantes progredissem, ofereceu uma franquia até mesmo para o Walt Disney, recém-fundador, naquela época, da Disneylândia, mas a proposta não deu certo de imediato. As franquias se multiplicavam a cada dia, e Ray começou a perceber que aquilo poderia se tornar um investimento ainda mais grandioso. Em 1961, Mac e Dick McDonald concordam em vender a Ray os direitos da sua companhia por US$ 2,7 milhões, e a partir daí o ex-vendedor de maquinas para milk-shake mal sabia que se tornaria dono de uma das maiores empresas do mundo.

Daí em diante não é difícil adivinhar que as franquias só se multiplicaram e chegaram ao que são hoje, nada menos do que 34 mil lojas, distribuídas em 119 países ao redor do mundo, que servem mais de 69 milhões de clientes por dia. Os números impressionam, mas o que chama ainda mais a atenção é grandiosidade do McDonald’s ao se tratar de comunicação.

É cada vez mais raro alguém que não conheça ou nunca tenha visto uma propaganda ou algo relacionado à marca McDonald’s, o poder de inovação e abrangência da empresa é impressionante. Mesmo os não consumidores conhecem os slogans, a logo, e os nomes dos famosos sanduíches.

É também notória a capacidade de identificar e atingir seus públicos de forma espantosa que a empresa tem. Até mesmo o famoso documentário Super Size Me, que atinge de modo negativo a organização, e é escrito, produzido e protagonizado por Morgan Spurlock, um cineasta americano, que passa um mês comendo somente produtos da marca McDonald’s, mostra como o principal público é atingido de forma eficiente. Isto pode ser visto, logicamente excluindo o real objetivo do documentário, no início, quando Spurlock mostra como as crianças são “hipnotizadas” pela febre McDonald’s:

Bem como é evidente que a comunicação externa do McDonald’s é espetacular e capaz de fazer jus as práticas de relações públicas no aspecto em que a organização pretende atingir e conquistar seu público, são ainda mais empolgantes as técnicas de comunicação interna que o McDonald’s faz uso.

Os funcionários da empresa tem um apreço visível pela organização, desde seus atendentes até seus principais diretores. O McDonald’s traz para muitos, a oportunidade de um primeiro emprego e contam também com a Universidade do Hambúrguer, uma instituição interna, onde funcionários, colaborados e fornecedores aprendem mais sobre o McDonald’s, recebendo cursos de capacitação e um treinamento especializado, que beneficia não só a organização, mas eles mesmos, facilitando o relacionamento. Além dessa intuição, o McDonald’s possui também uma ferramenta chamada McLand, um website, que como uma cidade virtual facilita a interação de seus funcionários e estimula o trabalho, através de prémios que podem ser adquiridos no McShopping, comprados com suas McGranas.

Imagem

A empresa traz também o programa All Star, em que premia os melhores profissionais do país com bolsas de estudos, além de melhorar seu relacionamento interno através do trabalho em equipe. Essas e muitas outras técnicas traduzem o pensamento do Diretor Geral, Gregory James Ryan:

“Vejo relações públicas como uma das áreas de administração da empresa tão importante quanto produção, finanças, marketing e as demais que você conhece. Vejo relações públicas como um instrumento de abertura e de gestão de negócios, como um canal de compreensão e integração mútuos para minha empresa e todos segmentos sociais com os quais elas se relacionam. […] Dentro desse espírito vale a pena investir em bons programas de relações públicas para que as nossas atitudes e atividades sejam claras aos olhos de todos e para que os restaurantes McDonald’s sejam parte integrante da sociedade.”

Pra entender ainda melhor o quão importante é a ação de um relações-públicas em uma empresa como o McDonald’s, fica um recadinho do Al Golin, fundador da Golin Harris Relações Públicas e Comunicação, que cuida do McDonald’s nos Estados Unidos e em outros países, como o Brasil.

Porque afinal… Relações Públicas, amamos muito tudo isso!

Consultora de Qualidade

Caroline Miranda

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s