Era uma vez

Não é exagero afirmar que é difícil encontrar uma garota sequer que em algum momento de sua infância não tenha se apaixonado por um dos filmes da Disney, e toda sua atmosfera de encantamento, a princesa, o príncipe, e a promessa de felicidade até o fim.

Como uma das maiores companhias de entretenimento infanto juvenil, o poder de influência de suas produções sobre as crianças já foi investigado em vários artigos acadêmicos, expondo a criação e manutenção de padrões e costumes sociais nos filmes. Mulheres sensíveis que encontram seu final feliz ao lado de um homem, seu salvador. Embora essa imagem esteja sendo desconstruída pela própria companhia em filmes como Malévola e Frozen, em que a história se concentra em outros tipos de amor e não na necessidade de um homem, a imagem sexista dos contos de fadas ainda perdura.

Tal influência sobre o mundo infantil resultou em uma grande polêmica nos Estados Unidos acerca de uma campanha promovida pela empresa em conjunto com a Barneys New York em dezembro de 2012. Intitulada de “Eletric Holiday”, a campanha traz personagens da Disney vestindo modelos Balmain, Dolce & Gabbana, entre outros. A polêmica gerada em cima da campanha se deve a estilização dos personagens, todos altos e extremamente magros. O diretor criativo da Barneys, Dennis Freedman, chegou a afirmar que “A Minnie Mouse padrão não ficaria tão bem em um vestido Lanvin”.

b1

Leia o texto completo no nosso site: http://goo.gl/12hXtw

Anúncios

Uma resposta em “Era uma vez

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s