Até que ponto uma organização pode querer influenciar seus clientes?

A história das relações públicas brasileira tem forte vínculo com a política, sendo ela presença fundamental em grandes períodos históricos dos nossos governos, pois seu conteúdo se alinha muito bem ao marketing político e eleitoral, utilizando da gestão de relacionamentos como uma forma de se aproximar dos seus públicos até os dias de hoje.

Grandes organizações apolíticas detêm forte influência sobre seu público, lançando tendências e novos hábitos.  Mas até que ponto elas podem explorar sua projeção?

O banco Santader Select, destinado aos clientes que possuem renda mensal superior a 10 mil reais, trouxe uma coluna dentro do extrato do mês de julho, na qual ganhou grande repercussão devido ao seu posicionamento político:

A coluna que aborda as relações financeiras do cliente trazia uma mensagem sobre o atual Governo de Dilma Rousseff e sua má influência na economia. A instituição, que tinha como diferencial sua forma de tratamento com os clientes nas redes sociais, foi fortemente repreendida nas mesmas, gerando comentários negativos em diversos blogs de economia, política e comunicação.

tx1Leia o texto na íntegra no nosso site: http://goo.gl/fZb5MX

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s