Mudando o mundo ou se adaptando a ele?

Mais do que publicidade, uma forma de conscientização. Esse é o novo conceito em campanhas publicitárias, que além de divulgarem uma marca ou promoverem um produto, tem como principal objetivo incitar a responsabilidade social, assunto recorrente nos últimos tempos. O novo tipo de campanha geralmente consiste em mostrar um problema da nossa sociedade, seguido por uma solução inovadora e – BUM! – milhares de compartilhamentos nas redes sociais.

O caso de sucesso mais recente que se pode citar é o vídeo “Desperdício de alimentos – prato 20% off”. Idealizada pela “Eco Benefícios”, a ação contra o desperdício de comida, realizada no Dia Mundial da Alimentação, se tornou o mais novo viral da Internet. O intuito da campanha era promover uma reflexão nos consumidores. Como? Veja no vídeo abaixo:

A face curiosa daqueles que utilizariam os pratos se esclarecia logo ao ler a frase que os estampava: “por que 20% dos alimentos são desperdiçados todos os dias?”. E o mesmo sentimento de conscientização que se deu em cada participante da ação naquele dia se espalha junto com o vídeo pelas redes sociais.

Aliado à marca “Eco Benefícios”, que visa ampliar de forma consciente o poder de consumo do usuário, o conceito de responsabilidade social inserido na campanha é a chave de uma incrível ação publicitária. Em tempos onde se discute a necessidade de mudanças no âmbito social, muitas organizações vêm usando esse conceito para passar uma imagem de empresa consciente, que se preocupa com a sociedade na qual está inserida. Mas, como saber o limite da linha tênue entre a real responsabilidade e a autopromoção?

Denise Valente

Trainee de Relações Comerciais

Fontes:
Eco Benefícios
Yahoo! Notícias
Clic Rbs

Carregando Consciência

Entrou em vigor a lei sobre a reciclagem de pilhas e lixo eletrônico. Esta estabelece que as lojas que vendem esse tipo de produto serão responsáveis por recolher as pilhas e encaminhar aos fabricantes, que devem descartar adequadamente este material.
Como o material é extremamente poluente- contém metais pesados que podem causar inúmeros problemas ambientais e de saúde- será necessário um trabalho de conscientização tanto da população quanto do comércio, para que essa resolução seja bem sucedida
Algumas empresas já estão se mobilizando para se adequar as novas regras, como por exemplo a biblioteca da Unesp que tem uma caixinha para o depósito de pilhas e algumas empresas já estão fazendo campanhas para incentivar a entrega de pilhas.

Diretoria de Comunicação