Marketing digital. Como lidar?

Um dos eventos mais famosos e aclamados dos últimos tempos foi o João Rock. Além do dia do show, muitos dos fãs receberam um grande suporte do evento pela página no Facebook, assim como a do Twitter. O marketing digital é de extrema importância para a divulgação e consequente sucesso da marca.
O João Rock é um evento tradicional e ocorre uma vez ao ano, trazendo bandas – apesar de o nome sugerir o rock – com estilos diversificados. E olha que bacana: existe uma votação, muito antes do dia do show, onde os organizadores pedem sugestões, perguntando ao público o que eles gostariam de ouvir, quais bandas deveriam tocar no dia do show.
Mas a página do Facebook merece um grande destaque. Qualquer pessoa que já tenha organizado um evento ou mesmo que tenha prestado atenção em sua estrutura, sabe o quão valioso é o patrocínio. No caso do João Rock, foi colocado na página do Facebook o nome dos patrocinadores SKOL e GVT MUSIC para falar sobre a possibilidade e quais as vantagens de comprar o camarote e a pista premium, como o open bar e o open food. Assim também foi com a marca Multishow, que patrocinou e transmitiu ao vivo a programação inteira do show. A marca de bebidas PEPSI também marcou presença no João Rock.

joaorock1

Outro fator muito bacana promovido pelo evento é a oportunidade dada às novas bandas de todo Brasil de se inscreverem e concorrem por um espaço na hora de tocar na abertura do show, antecedendo os grandes nomes do evento. É ou não é a chance que toda banda espera? A banda ganhadora desse ano se chama Sr. Bamba, que pôde apresentar seu som para uma plateia grande e heterogênea. O concurso foi muito divulgado na página do Facebook principalmente porque, as bandas precisam saber da oportunidade concedida.

joaorock2

Outra forma de interação feita pela organização do João Rock foi soltar algumas perguntas para a galera tentar responder. Perguntas essas, é claro, que tinham tudo a ver com as bandas que iriam tocar no show. A iniciativa foi mais uma forma de aproximar e fazer com que o público participe e veja com maior frequência a página da marca. Como por exemplo essa aqui, que tem a foto de uma bomba ligada ao planeta Terra e com a contagem de apenas um minuto para sua explosão, fazendo menção a música “1 minuto para o fim do mundo” da banda CPM22, que foi uma das atrações mais esperadas do evento.

joaorock3

Outro exemplo do mesmo segmento, mas que não tem nenhuma adivinhação foi a postagem de vários CDs da banda Nação Zumbi, que também era uma forte atração, com a pergunta “Qual seu disco predileto?” no final. Assim como a demonstração acima, a intenção é fazer com que o público esteja antenado nas atrações e participe de todas as ações do evento.
O João Rock também criou uma hashtag que diz #sessaojoaorock, que tem a ideia de trazer filmes ligados à proposta do evento, como o “ Mamonas para sempre” de Claudio Kahns, que conta a história dos inesqueciveis Mamonas. Temos também um filme que fala sobre a vida do cantor Herbert Vianna, vocalista da banda Paralamas do Sucesso, apesar das suas limitações físicas.

joaorock4

Outro ponto muito importante para a marca é manter a informação clara e objetiva, sem a possibilidade de segundas interpretações e confusão de ideias. Para isso, o João Rock liberou uma nota no dia 22 de maio para esclarecer as dúvidas a respeito do aumento no valor dos ingressos com o decorrer das vendas, que estavam sendo questionados e criticados por muitos. O Facebook possui um espaço para comentários, o que permite ao público expressar sua opinião, seja ela a favor da marca João Rock, ou contra. Afinal, a democracia também tem que ser virtual.

joaorock5

E se você pensa que a movimentação não continua enquanto o evento acontece você está redondamente enganado!
O João Rock também incentivou uma das maiores manias do momento, o selfie! Se você for a página do evento, verá uma chamada que diz “Tirou uma selfie? Posta aí!”. Várias pessoas que compareceram ao show postaram suas selfies do momento tão especial que foi o João Rock. A ideia de unir uma mania mundial ao evento é sensacional! Traz movimentação a página e faz com que o público se identifique com a marca, já que de qualquer forma ano que vem terá mais uma edição do João Rock. Mais uma boa ideia!

joaorock6

Essa é a parte que você vai com certeza rir da criatividade das pessoas. Em grandes eventos é mais do que comum as pessoas perderem documentos, objetos pessoais, dinheiro e afins. Mas essa proposta é extremamente inusitada! Um homem chamado Wilson Souza se perdeu de sua acompanhante durante o show e foi pedir ajuda a organização, que solicitou um espaço na página do evento para procurá-la. É claro que existe uma página destinada também às perdas de documentos durante o show, mas colocar essa foto como chamada é sem dúvida uma grande sacada!

joaorock7

Falando no ano que vem, olha que bacana! No setor do blog, dentro do site do João Rock, existe uma campanha chamada “Concurso amigos de excursão”, que coloca como prêmio cinco ingressos para o João Rock do ano que vem para aqueles que mandarem um vídeo com a sua galera da excursão e mandar para o “WhatsApp do João”. Os cinco mais criativos irão ganhar um par de ingressos cada! Tá esperando o que para fazer esse vídeo e ganhar uma ida ao João Rock do ano que vem? Bora lá!
Bom, o João Rock foi um dos grandes eventos que sempre acontecem no Brasil, assim como o Rock in Rio, SWU, Lollapalooza, assim como a Copa do Mundo que está chegando e as Olimpíadas em 2016. Com todos esses eventos, teremos muito mais exemplos do marketing digital e sua alta relevância no sucesso final e sequencial de uma marca.
É isso! E..

joaorock8

Até a próxima!

Isabella Lima
Ex-diretora de Gestão de Pessoas

Fontes: página oficial do evento no Facebook

Anúncios

Ação publicitária: faz parte do show

A cada ano que passa, o Brasil está se tornando cenário cada vez mais frequente de grandes festivais de música, como: Rock in Rio, SWU, Lollapalooza, Planeta Terra e Planeta Atlântida. O público desses eventos, por sua vez, tem se tornado maior e mais fidelizado, seja pelas atrações convidadas, pela folia ou pela grandiosidade das ativações dos patrocinadores, que também vem ganhando espaço e importância nesses eventos.

Uma pesquisa realizada, em 2011, pela agência de marketing esportivo e entretenimento do Grupo Havas, “Havas Sports & Entertainment” (HS&E), buscou traçar o perfil dos frequentadores dos festivais de seis países europeus e seus comportamentos em relação aos patrocinadores. De acordo com o estudo, 65% dos entrevistados acreditam que as ativações melhoram suas experiências durante o evento, sendo que 60% destes interagiram com pelo menos duas das marcas e 85% ficaram satisfeitos com as ativações que viram. Durante a realização do projeto, Noemie Claret, gerente de novos negócios e planejamento estratégico para eventos internacionais da HS&E, explicou que o estudo dava uma base sobre o que aconteceria com o Brasil nos anos seguintes.

Exatamente como previu o estudo da HS&B, em março de 2013, o país parou para ver o mega evento que se tornou o festival Lollapalooza e com ele, o sucesso das ferramentas de marketing de seus colaboradores.

A Heineken teve destaque e foi alvo de muitos elogios por sua campanha publicitária. A patrocinadora oficial do Lolla montou uma roda gigante com capacidade para 64 pessoas, e para os corajosos que se aventuraram, foi oferecido um chopp, por barmen holandeses, no padrão oficial da marca.

Imagem

Além da roda, a tenda sustentável, “Rock and Recycle”, também teve seu destaque. Com o objetivo de diminuir o lixo jogado pelo chão do Jockey Clube, o público ao juntar e entregar 10 copos de chopp poderia girar a roleta e concorrer a vários prêmios como camisetas, amplificadores ecológicos e bottons.

ImagemO lounge exclusivo da Heineken contou com a participação de DJs convidados e distribuição de brindes, dentre eles estava uma pulseira que piscou durante um comercial da marca exibido nos telões e, em alguns momentos, passou a piscar no braço do público de acordo com a vibração das músicas dos shows.

Imagem

Os apoiadores e parceiros do Lollapalooza também não ficaram para trás. Netshoes, Chilli Beans, Correiros, Redecard e Adidas promoveram ações publicitárias que surpreenderam e facilitaram a vida de quem foi prestigiar o evento.

Com toda a repercussão, é fácil perceber a tamanha divulgação que os festivais de música proporcionam às marcas, porém a recíproca também é verdadeira já que, cada vez mais, a participação das marcas com suas ativações será fator determinante para o sucesso e adesão a eventos desse porte.

E agora, é esperar para ver o que o Rock in Rio trará de surpresas.

Letícia Baskerville

Diretoria de Relações Comerciais

Fonte:

adNEWS

Exame