Relações Públicas na gestão de mídias sociais

Não é novidade que as mídias sociais têm sido o principal meio de interação entre as pessoas, pelo qual é possível criar, compartilhar e comentar conteúdos de forma prática e muito rápida. Foi a partir destas mídias que a comunicação sofreu mudanças significativas, alterando a forma de relacionamento entre organizações, comunidades e indivíduos. Neste cenário de plataformas altamente interativas, as empresas viram a oportunidade de se aproximar de seu público, divulgando conteúdos com custos de produção e distribuição muito mais baixos, que poderiam atingir de forma rápida e efetiva um grande número de pessoas. Assim, surge a necessidade de um gestor desta comunicação, que seja responsável pela manutenção do relacionamento nas mídias sociais. É aqui que entra o relações-públicas!

E você? Já ouviu falar de Social Media? Esta prática, quando bem aplicada, permite às organizações maior proximidade aos seus consumidores. Ela consiste em produzir conteúdos, compartilhar informações e responder aos comentários e dúvidas dos internautas, proporcionando à audiência boas experiências, uma estratégia que se mostra muito efetiva para estreitar relacionamentos. O profissional que gerir essas plataformas precisa ser ágil e criativo, para que a comunicação acompanhe a rapidez que as mídias sociais demandam.  Hoje em dia, o Social Media está em alta e é utilizado por grandes empresas como Itaú, Santander, Pepsi, Oi e Netflix. Vejamos alguns casos famosos do Social Media:

denise1

denise2

denise3

Nestes casos, os gestores de mídias souberam lidar de forma divertida, ágil e muito criativa perante as situações. Além de ganhar credibilidade com os clientes, estas empresas ganharam espaço em diversos blogs e sites de notícias, sendo assunto nas redes sociais como Facebook e Twitter. Existem muitos outros casos, como quando a Netflix respondeu seu cliente na linguagem de Startrek ou os comentários inusitados da Rede Record sobre sua nova série Breaking Bad (para os curiosos, o link está disponível abaixo).

Engana-se quem pensa que a Gestão de Mídias é um trabalho simples! Pelo contrário, ela exige muito cuidado e planejamento. É preciso conhecer o cenário em que a organização se insere, para saber atingir os públicos certos e utilizar as plataformas mais eficazes, além da elaboração de campanhas contínuas capazes de cativar o público e a elaboração de um cronograma das publicações para que nada fuja do planejado. É fundamental saber a linguagem a ser utilizada em cada mídia e nortear a criação de arte para a produção de conteúdo específico. A interação com os consumidores também exige bastante atenção, a fim de incentivar a participação dos mesmos e estar preparado para possíveis crises, caso algum fato negativo sobre a organização seja publicado e tenha efeito viral nas redes. Por último e não menos importante, vem o monitoramento e mensuração de resultados, em que o profissional é responsável por coletar todas as menções à marca nas diversas plataformas sociais, interpretando resultados e mensurando o alcance das publicações, para a produção de um relatório.

A Gestão de Mídias Sociais é mais uma das diversas funções que um relações-públicas pode exercer, pois, acima de tudo, o Social Media se trata de planejamento e relacionamento, e isso é o que fazemos de melhor!

Links:

Batalha de rimas Santander x Itau

Tweet da record Breaking Bad

Netflix Atendimento estilo Star Trek

Oi ao estilo Lady Gaga

Coca-cola X Pepsi

Denise Valente 

Diretora de Relações Comerciais

E agora?

Ontem, dia 3/11/08, foi anunciada a fusão do Itaú e Unibanco que formarão, assim, o maior banco do Brasil e o maior grupo financeiro do Hemisfério Sul, situado entre os 20 maiores do mundo.
A marca Itaú é uma das mais reconhecidas e valiosas do mundo, em virtude disso não deve desaparecer. Ainda não se sabe o que acontecerá com o logo das duas instituições, por enquanto foi anunciado qu
e serão usados os dois nomes, porém, até quando serão mantidas duas identidades na nova organização?
Fato que um profissional da área de comunicação estará presente nesta decisão, como agirá para não haver certo choque de identidades?

Diretoria de Comunicação