Habemus RP?

Sem dúvida alguma o assunto mais comentado do mês de março foi a nomeação do novo papa Francisco I. O mundo parou e certamente presenciamos um momento histórico. Porém, a repercussão que isso gerou no campo da comunicação mundo afora tem sido mais histórico ainda. Nesse momento de transição na maior instituição do mundo, vimos a religião nos holofotes da mídia como há muito tempo não se via.

Imagem

Paralelamente a todo o reboliço que esse processo gerou, percebe-se o desfecho ou até o ápice de uma série de discussões sobre a comunicação social da Igreja Católica, que estão mais fortes desde a criação do Twitter oficial do papa no fim de 2012 e da mídia espontânea gerada com a inédita renúncia de Bento XVI. A partir desse conjunto de fatos, floreceram dúvidas sobre como o Vaticano deve se portar diante da fervente evolução da comunicação.

Em janeiro, o Pontifício Conselho das Comunicações Sociais (PCCS) do Vaticano publicou uma mensagem de Bento XVI em seu site, valorizando o poder das redes sociais e a importância da presença da Igreja nesse meio, pois é essencial a ela estar em sintonia com os novos tempos, assim como o ambiente digital é visto como novos espaços de evangelização, além do que o diálogo sobre a fé nas redes sociais mostra a relevância da religião no debate social.

Imagem

Com poucas semanas de “mandato”, o papa Francisco I mostrou toda sua humildade e cria esperanças de um Vaticano mais transparente em suas ações, cenário que nos leva a uma reflexão muito complexa sobre a ação de um relações-públicas nesse intermédio: é preciso reestruturar a forma que a Igreja se comunica com seus públicos num trabalho amplo de RP? Ou a Igreja vai bem de RP, ou seja, é a forma que os dogmas da doutrina católica agem que dificultam esse diálogo?

Para responder essa pergunta nos resta apenas esperar para ver qual vai ser o comportamento do Vaticano, mas tudo indica uma abertura lenta e gradual da comunicação dessa gigante instituição, um fenômeno excepcional na história. E você? Sabe responder essa pergunta?

Henrique Della Barba

Diretoria de Comunicação

Fontes:

Folha

Band

PCCS

JMJ Rio 2013

A nova cara do Twitter

O Twitter apresentou no último dia 14 sua nova interface, repleta de novidades e de itens práticos e simplificados. Essa é a maior mudança no gênero supracitado desde a criação da rede social, em 2006 (o vídeo do lançamento mundial pode ser visto através do link http://www.youtube.com/watch?v=rIpD7hfffQo).
O microblog conta com mais de 145 milhões de usuários no mundo, cerca de 370 mil novos usuários por dia e um índice de crescimento de aproximadamente 250% de perfis criados somente durante o ano de 2010. Com tudo isso, o Twitter sentiu a necessidade da mudança devido principalmente à quantidade de troca de links entre os usuários da rede, que atinge a marca de 90 milhões de tweets por dia, sendo que 25% destas postagens possuem os links.
Para Evan Williams, Chefe-executivo do Twitter, “As mudanças vão tornar a experiência mais rica e rápida”, já que agora o usuário terá como acessar o conteúdo que desejar sem abrir outra aba na internet. Haverá um grande espaço, à direita do site, onde aparecerão os links ampliados possibilitando a visualização na própria timeline do Twitter.
Além disso, há também outras mudanças como as transformações na página dos perfis dos usuários – agora com maior espaço para biografia e foto – bem como o aperfeiçoamento daquilo que já existia como: Trending Topics, favoritos, sugestões de perfis para seguir, etc. Além da melhoria no que toca à velocidade de navegação, devido à instalação de um novo sistema na página inicial.
Para realizar essa grande mudança, o Twitter fechou uma parceria com 16 empresas como YouTube, Flickr, UStream, dentre outras.
Informações adicionais: há um brasileiro envolvido na criação dessa nova interface. O designer Vitor Lourenço (@vl), de 23 anos, esteve na equipe responsável pelo trabalho.
Em entrevista concedida ao portal online da Editora Abril Vitor afirmou a satisfação em fazer parte da equipe composta de 15 membros que redesenvolveram a interface do Twitter, com o objetivo de tornar mais fácil, rápida e rica a experiência do usuário. Disse também sobre a importância de um veículo de comunicação como esse, que nos passa informações em tempo real e que pode introduzir um novo comportamento humano em nossa rotina, e que o lançamento do Twitter em português deve acontecer em torno de alguns meses. Vitor também contou em seu perfil na rede social que daqui cerca de uma semana todos poderão ter acesso ao novo Twitter.
É indiscutível como as mídias sociais são uma realidade consolidada e estão hoje inseridas na vida dos estudantes e profissionais de comunicação, bem como de muitas pessoas que fazem uso do meio web.
Portanto, torna-se fundamental, principalmente para quem lida com esse tipo de ferramenta, estar por dentro das novidades e compreender integralmente o funcionamento dessas redes sociais para gerar conteúdo de qualidade e garantir um bom fluxo de informações.

Siga a RPjr no Twitter – @RPjr_

Felippe Ferro

Diretoria de Comunicação

Twitcam – a nova ferramenta do Twitter

Lançado há pouco mais de um ano, em julho de 2009, o twitcam se tornou o serviço mais popular para compartilhar vídeos pelo Twitter. Por fazer transmissões ao vivo e permitir comentários em tempo real, a nova ferramenta caiu no gosto dos brasileiros.
O twitcam recebeu no mês passado 4,5 milhões de visitantes, sendo o Brasil responsável por 81% de seus acessos. O site é bem fácil de usar: basta se conectar com seu login no Twitter, ligar a webcam e começar a transmissão, que fica acessível em um link postado no seu perfil. Quando terminar, há a opção de gravar o vídeo, que fica disponível pelo mesmo link.
Devido à grande popularidade que essa nova ferramenta atingiu no país, ela tem sido largamente utilizada por celebridades, políticos, jogadores de futebol etc. Entretanto, diferentemente de outras mídias sociais, essa permite uma interação extremamente dinâmica entre seus usuários. Por isso não poderia deixar de gerar polêmica e situações constrangedoras devido ao “mau” uso por algumas desses usuários mais famosos.
 No início do mês, seis jogadores do Santos bateram boca com torcedores no Twitcam. O episódio fez com que o clube criasse regras para disciplinar o uso da internet por seus jogadores.
 No outro caso, mais grave, um garoto de 16 anos e uma menina de 14 se masturbaram ao vivo diante de mais de 26 mil espectadores no fim de julho. A Delegacia de Repressão aos Crimes Informáticos de Porto Alegre está investigando usuários que baixaram o vídeo.
 “Mores?”, pergunta no Twitter o fenômeno teen Fiuk. O neologismo, uma contração de “amores”, é a forma como ele se refere às fãs e é também o sinal para anunciar que acaba de começar uma de suas sessões no Twitcam.
 No último domingo, a cantora e atriz mexicana Thalia conversava com fãs no Twitcam enquanto seu marido, Tony Motolla, passava atrás dela de regata e bermuda.
 Em maio, a cantora Perlla dançou funk com uma amiga no Twitcam.
 O ex-governador do Paraná Roberto Requião (PMDB) é um ávido usuário do Twitcam. Em 26 de junho, acabou mandando um abraço para um certo “Tomás Turbando” a pedido de um pândego seguidor.

Camila Ribeiro
Diretoria de Comunicação